• Mário Costa Felício Filho

O que é a razão TISS x DIOPS?

Buscando assegurar a qualidade dos serviços oferecidos pelas operadoras de saúde, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) recebe dados das operadoras e os analisa, formando assim um conjunto de indicadores que compõem o Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS). Um dos mais importantes deles é a Razão de Completude do Envio dos Dados do Padrão TISS, conhecido como Razão TISS.


Um dos mais importantes deles é a Razão de Completude do Envio dos Dados do Padrão TISS, conhecido como Razão TISS.


Afinal, é por meio dele que será avaliado o nível de aderência das operadoras ao Padrão TISS, além de ser uma maneira de assegurar que todos os dados que representam o setor assistencial estão sendo incorporados na base da ANS.

A razão TISS, é uma relação/divisão entre dois fatores: o valor informado em reais dos eventos de atenção à saúde – que são enviados pela operadora de plano privado de saúde à ANS seguindo o Padrão TISS – e o valor em reais dos eventos/sinistros conhecidos ou avisados de assistência à saúde mais o valor da receita de corresponsabilidade cedida, enviados pela operadora no DIOPS


Ao Atualizar as contas de despesas classificadas no DIOPS, é fundamental conferir e comparar o valor que está sendo mencionado no TISS, evitando possíveis equívocos no preenchimento.


Para melhor verificação e acompanhamento das operadoras sobre os dados entendidos pela ANS, a Agência disponibiliza um relatório chamado Batimento TISS x DIOPS. Nele, é possível ver o somatório dos valores incorporados no banco de dados da ANS por trimestre e, assim, fazer o cálculo da Razão entre o Monitoramento TISS e o DIOPS, baseando-se na razão do 4º trimestre do ano-base apurado.


Atuar com transparência nos dados que são enviados à ANS é a maneira mais correta de evitar erros no Monitoramento TISS. Sendo assim, é imprescindível que as informações encaminhadas estejam de acordo com a realidade das demandas assistenciais, ou seja, consiga refletir ao máximo, a realidade da operadora de saúde.


O Monitoramento TISS é uma das etapas de acompanhamento do IDSS, índice que agrega diversos dados e informações de diversas áreas da operadora, da equipe médica, de gestão e dos beneficiários. Quando a operadora compreende e valoriza essas informações, fazendo um acompanhamento contínuo e crítico, abrem-se oportunidade para o melhoramento de diversos processos internos.


Caso a operadora deixe de cumprir com os prazos fixados pela agência, incorre em alguma inconsistência dos dados, ou até mesmo deixar de manter os dados para verificação, a operadora poderá sofrer sanções e multas previstas na RN n.º 489.

0 visualização0 comentário