• Mário Costa Felício Filho

ANS determina a suspenção da venda de 70 planos de saúde

Atualizado: 9 de ago.

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) divulgou na última segunda-feira (27/06) uma lista de planos de saúde que foram suspensos devido a reclamações relacionadas a coberturas assistenciais.

A medida faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento, que monitora regularmente o desempenho do setor e trabalha para proteger os consumidores. Durante o ciclo, a ANS decidiu suspender 70 planos em oito operadoras devido a reclamações no primeiro trimestre.

As empresas mais afetadas são a Amil, com 42 planos suspensos (60% do total), e a Unimed Rio, com 12 planos suspensos.

A proibição de vendas valerá em vigor no dia 30 de março de 2022. Serão 1.453.044 beneficiários tutelados pela medida, pois os planos só poderão ser comercializados novamente para novos clientes se os resultados do monitoramento da operadora melhorarem. Além da suspensão, a ANS também divulgou uma lista de planos para um possível recadastramento.

1 visualização0 comentário